Homens lideram a organização do curso em Manaus

O Curso de Gênero, Raça e Etnia para Jornalistas chegou com tudo em Manaus. E teve muito envolvimento dos homens na sua organização: das visitas às redações até a organização dos materiais. Na articulação local, Wilson Nunes (vice-presidente) e Cléber Maia (secretário-geral) arregaçaram as mangas e fizeram acontecer! Tiveram o apoio da voluntária Susane e o aval estratégico do presidente César Wanderley.

Cléber Maia, Wilson Nunes e Cleidiana Ramos ao lado das peças de divulgação do curso e do Prêmio Abdias do Nascimento

Hoje (7/8), o grupo uniu mais uma vez e deu as boas-vindas à facilitadora Cleidiana Ramos e à ONU Mulheres. Numa visita ao sindicato e aos lugares históricos de Manaus, a equipe do Sindicato dos Jornalistas do Amazonas fez uma releitura da contribuição negra e indígena, a exemplo da exaltação da figura de Eduardo Ribeiro, primeiro governador negro do Brasil.

Ah, importante registrar: no Sindicato dos Jornalistas do Amazonas, funciona uma cooperativa de comunica;áo – oportunidade de trabalho para jornalistas. Uma boa experiência para ser compartilhada no país afora.

Na sede do Sindicato dos Jornalistas do Amazonas, funciona uma cooperativa de comunicação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s