Jornalistas do Pará fazem, hoje e amanhã, curso de gênero, raça e etnia

 Cerca de 50 jornalistas e estudantes de Jornalismo são aguardados para a edição paraense do Curso de Gênero, Raça e Etnia para Jornalistas. A rodada começou nesta semana, em Manaus, e vai ocorrer em mais seis cidades:  Fortaleza (CE), Maceió (AL), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) até o dia 1º de setembro.

A iniciativa faz parte da cooperação entre a FENAJ – Federação Nacional dos Jornalistas e a ONU Mulheres – Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres e conta com apoio da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – SEPPIR e da Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM.

Com o objetivo de preparar jornalistas e estudantes de Jornalismo para a cobertura de pautas relacionadas a gênero, raça e etnia, em cada localidade, foram abertas e preenchidas 50 vagas por jornalistas (que trabalham com reportagem, produção, pauta, redação, edição, fotografia  e cinegrafia) de veículos impresso, on-line e
eletrônicos e estudantes de Jornalismo a partir do 6º período. O curso é
gratuito e tem certificação da FENAJ e da ONU Mulheres.

Novas práticas: pluralidade no dia a dia da redação

O programa do curso está baseado em dois módulos e duas atividades
pedagógicas: Gênero, Raça e Etnia em Sociedade; Jornalismo, Ética e
Diversidade; Leitura Crítica da Mídia; e Experiências e Trajetórias Locais:
Identificando Novas Fontes.  A metodologia e o plano pedagógico foram desenvolvidos pela jornalista Angélica Basthi e a facilitação do conteúdo está a cargo da jornalista Cleidiana Ramos.

Em Belém, a convidada para a dinâmica de coletiva de imprensa é a
atividade do Movimento de Mulheres Negras Nilma Bentes. Ela é graduada em Engenharia Agronômica (atualmente Universidade Federal Rural da Amazônia-UFRA) e especialista em Desenvolvimento de Áreas Amazônicas (Universidade Federal do Pará/Núcleo de Altos Estudos Amazôniacos). É uma das fundadoras do Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará-CEDENPA, em 1980/1981. Participou das
mobilizações/articulações para inclusão de dispositivos de combate ao racismo,
nas constituições do Brasil e do Pará, inclusive o da criminalização do racismo
e titulação de terras dos quilombos; da III Conferência contra o Racismo,
Xenofobia e Discriminações Conexas, em Durban – África do Sul; 2001, entre
outros eventos e articulações importantes no Brasil e no exterior. Atualmente,
Nilma Bentes representa o Cedenpa junto à Articulação de Mulheres Negras
Brasileiras-AMNB, da qual é uma das coordenadoras.

Acompanhe a cobertura no blog www.generoracaetniaparajornalistas.wordpress.com
e nas redes sociais do curso: facebook.com/grejornalistas e
twitter.com/grejornalistas

Imprensa, gênero, raça e etnia

A iniciativa faz parte da cooperação estabelecida entre a FENAJ e a ONU
Mulheres, celebrada no 34º Congresso Nacional dos Jornalistas, em agosto de
2010, para o pleno cumprimento dos princípios dos direitos humanos e marcos
internacionais referentes ao gênero, raça e etnia no Brasil e no mundo à luz da
liberdade de imprensa. Conta com o apoio da Secretaria de Políticas de Promoção
da Igualdade Racial e da Secretaria de Políticas para as Mulheres.

O curso é desenvolvido com assessoria técnica e financeira do Programa
Regional de Incorporação das Dimensões de Gênero, Raça e Etnia nos Programas de
Combate à Pobreza da Bolívia, Brasil, Guatemala e Paraguai e do Programa
Interagencial de Gênero, Raça e Etnia do Sistema ONU no Brasil, financiado pelo
Fundo para o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. O curso
ocorre no âmbito das atividades do Ano Internacional das e dos
Afrodescendentes, estabelecido pelas Nações Unidas, e da Campanha do
Secretário-Geral da ONU “Brasil: Una-se pelo fim da violência contra as mulheres”.

Belém – Curso de Gênero, Raça e
Etnia para Jornalistas

Datas:  10 e 11 de agosto de 2011

Horário: das 18h às 22h

Local: Escola Superior de Advocacia (ESA) da OAB/PA (Praça Barão do Rio
Branco, 93 – Campina) – Belém/PA

Informações: Sindicato dos Jornalistas do Pará – (91) 3246-5209, sinjor@jornalistasdopara.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s