Banco de Projetos de Gênero, Raça e Etnia

Projeto “Corpo e Identidade, Direito e Igualdade no Trabalho DomésticoFormação de trabalhadoras domésticas para o enfretamento ao sexismo e ao racismo” – Pernambuco e Paraíba.

O objetivo do curso é capacitar 90 trabalhadoras domésticas de Pernambuco e Paraíba como promotoras legais populares.  A cada último domingo do mês, a atividade reúne as trabalhadoras para uma reflexão sobre as consequências do racismo e do sexismo para a auto-estima e a organização políticas dessas mulheres. Os encontros acontecem simultaneamente em Recife, João Pessoa e Campina Grande. O projeto é realizado pelo Observatório Negro de Pernambuco, com apoio da ONU Mulheres, por meio do Programa Regional Incorporação das Dimensões de Gênero, Raça e Etnia nos Programas de Combate a Pobreza em Quatro Países da América Latina – Brasil, Bolívia, Guatemala e Paraguai.  A formação teve início em março e segue até agosto de 2011.
Contato: Ana Paula Maravalho Borges, Observatório Negro
Telefones: (81)3423.1627/ 8863.2495/ 8858.3814

Projeto de Publicação do livro 120 Anos de República no Brasil – Pernambuco.

Este projeto vai editar um livro referente à realização de três eventos, realizados pelo Governo do Estado de Pernambuco em comemoração aos 120 anos da República. A obra, ainda sem data para publicação, vai contribuir para preservação da memória histórica do país, ressaltando o papel das mulheres na formação do regime republicano.
Contato: Silvia Maria Cordeiro
Telefone: (81) 3524.9170/ 3524.9167

Projeto “Governança e Igualdade é coisa de Mulher: Fortalecimento das Mulheres Negras em ações governamentais e não governamentais nas capitais nordestinas”  – Pernambuco.

A iniciativa apoia a formação de mulheres negras de Pernambuco e Bahia para o fortalecimento das estratégias de liderança para o enfrentamento ao racismo e sexismo em áreas como incidência política, exercício do controle social e produção de conhecimento. A ação é desenvolvida pelo Observatório Negro, com apoio da ONU Mulheres, por meio da Área de Governança.
Contato: Ângela Nascimento – Observatório Negro
Telefone: (81) 2126.3699

Projeto ”Mulheres Indígenas de Pernambuco: afirmando tradições, identidades e protagonismos” – Pernambuco.

O projeto vai formar pesquisadoras indígenas para produção de um diagnóstico participativo sobre a situação das mulheres indígenas pernambucanas. O levantamento pretende apresentar informações sobre acesso dessas mulheres aos direitos dos povos indígenas, direitos humanos, casos de violência, alcoolismo, práticas de sustentabilidade e meio ambiente. A divulgação do relatório está prevista para setembro de 2011. A atividade é realizada pelo Centro de Cultura Professor Luiz Freire (CCLF) em parceria com a Comissão de Professores Indígenas em Pernambuco (COPIPE), com apoio da ONU Mulheres, por meio da Área de Governança.
Contato: Aldenice Rodrigues Teixeira – Coordenadora Geral do CCLF
Telefone: (81) 3301.5241/ 3301.5242

Projeto “Gênero e Orçamento Público: monitoramento da política de habitação de interesses social em Pernambuco” – Pernambuco.

A ação promove a formação de homens e mulheres líderes dos movimentos pela habitação de interesse social de Pernambuco que compõem o Fórum de Reforma Urbana (FERU) do estado. O projeto prepara as organizações para participar do planejamento das políticas de habitação e do monitoramento do orçamento público estadual. Assim como contribuir para que as questões de gênero sejam contempladas nas políticas estaduais de habitação. O projeto teve como resultado a publicação da cartilha “Moradia Digna para quem precisa”.  A iniciativa é da Federação de Órgãos para Assistência Social (FASE), com o apoio da ONU Mulheres, por meio do Programa Regional Orçamentos Sensíveis ao Gênero.
Contato: Adelmo Barros de Araújo – Coordenador Regional da FASE/ PE
Telefone: (81) 3221.5478

Projeto “Núcleo de Formação em Orçamento Público e Gênero” – Pernambuco.

O projeto realiza oficinas de capacitação para as delegadas e conselheiras, que atuam nos espaços de Orçamento Participativo (OP) de Pernambuco, gestores, técnicos e secretários do governo municipal do estado. Esta iniciativa vai formar os integrantes dos conselhos de OP em temas como liderança política nos espaços representativos, identificação e proposição de políticas para o orçamento participativo com enfoque de gênero. Já para os funcionários públicos municipais, o objetivo é capacitá-los para aplicação dos indicadores de gênero na gestão pública. O projeto teve início em maio de 2011 e segue até outubro. A ação é desenvolvida pelo Grupo de Mulheres Cidadania Feminina com apoio do Programa Regional Orçamentos Sensíveis ao Gênero, da ONU Mulheres.
Contato: Karla Galdino – coordenadora geral do Grupo Cidadania Feminina
Telefone: (81) 3268.9582

Projeto “Políticas Públicas para as Mulheres Brasileiras: balanço monitoramento e fortalecimento da incidência feminista no ciclo orçamentário” – Nacional.

Com base nos dois últimos Ciclos Orçamentários (2003 – 2010), o projeto consiste na produção de um balanço nacional sobre o orçamento aplicado em políticas públicas de atendimento a mulher e enfrentamento as desigualdades de gênero. O objetivo é utilizar as informações do relatório na construção do Plano Plurianual 2012 – 2015. O projeto é elaborado pelo Centro de Feminista de Estudos e Assessoria (CEFEMEA), com apoio da ONU Mulheres, por meio do Programa Regional Orçamentos Sensíveis ao Gênero. A previsão é que o documento seja publicado em agosto de 2011.
Contato: Guacira Cesar de Oliveira – Diretora colegiada do CFEMEA
Telefone: (61) 3224.1791

“Raça e Gênero na Segurança Pública à Luz da Análise Orçamentária – segunda fase” – Nacional.

Na primeira fase, o projeto analisou o Programa de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) para traçar um panorama sobre a aplicação dos recursos orçamentários com enfoque de gênero e raça. Acesse a publicação: Segurança Pública e Cidadania: Uma análise do Pronasci. Para 2011, está prevista a continuidade do trabalho, a fim de propor espaços de diálogo entre os movimentos sociais de  mulheres e de mulheres negras e os gestores do Pronasci.
Mais informações
Contatos: Átila Pereira Roque, Iara de Oliveira e José Moroni
Telefone: (61) 3212.0200

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s