EBC inaugura modalidade in company do curso

Curso começou hoje em Brasília

O nosso Curso de Gênero, Raça e Etnia para Jornalistas continua rendendo frutos. Hoje em Brasília, por exemplo, começou a etapa que inaugura a modalidade in company, que é direcionada para os profissionais de uma mesma empresa. A anfitriã é a Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

O curso é uma promoção da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e ONU Mulheres, com apoio da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) e Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM). O primeiro dia de debates foi muito proveitoso. Na etapa anterior o curso foi realizado em oito capitais brasileiras: Manaus, Belém, Fortaleza, Recife, Maceió, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

Anúncios

Começo promissor em Manaus

Participantes do curso reunidos na sede da Fiocruz em Manaus, onde estão acontecendo as atividades. Foto: Cleidiana Ramos

Os resultados do primeiro dia do Curso de Gênero, Raça e Etnia, em Manaus, Amazonas, é mais um indicío da acertada iniciativa que une a ONU Mulheres e a Fenaj. Profissionais de diversas áreas do jornalismo estão participando das atividades.

O que percebemos nesta etapa de abertura são profissionais interessados em aprofundar o conhecimento sobre questões como gênero, raça, etnia, sexismo, racismo, não só do ponto de vista da sua conceituação, mas também como elas estão presentes nas relações sociais e influenciando indicadores de desigualdade e exclusão.

As discussões sobre compromisso social dos jornalistas e como trabalhar melhor estas questões na nossa rotina diária também foram bem produtivas.

Amanhã começaremos o dia com um trabalho de análise crítica da mídia, seguida por uma atividade que promete ser muito interessante. Os participantes vão ter a oportunidade de conversar com a ialorixá amazonense Mãe Nonata. A partir de uma entrevista coletiva, eles vão produzir em grupo reportagens que a gente vai postar aqui.